Postagens

Beto Carrero com 2 malinhas

Imagem
Colocamos em prática um pedido antigo dos nossos malinhas... Há bastante tempo tentávamos encaixar essa ida ao parque Beto Carrero como parte de algum roteiro maior e assim surgiu a oportunidade: foi a primeira etapa de uma viagem de uma semana que fizemos a Santa Catarina - o restante do roteiro incluiu 3 dias na serra e 2 em Balneário Camboriú, mas essas etapas vão render posts separados.
Aqui não vou me estender contando detalhes do parque, pois muita gente já escreveu sobre ele (inclusive eu mesma pesquisei bastante antes de irmos, no final desse post listo os blogs que consultei) e não vou ficar aqui chovendo no molhado. Vou contar um pouco da nossa experiência, algumas dicas, e nossas impressões gerais, que podem ser muito úteis na hora de montar um passeio semelhante. Lembrando que nossos malinhas estavam com 7 e 4 anos quando fizemos esse passeio.
Vamos lá?

Optamos por ir de avião até Navegantes, que é o aeroporto mais próximo de Penha, onde fica o parque, porque só tínhamos uma …

Túnel do tempo: Paranapiacaba com 2 malinhas

Imagem
Aproveitamos o último sábado de férias para fazer um passeio diferente e cheio de História (com H maiúsculo mesmo): o distrito de Paranapiacaba, pertencente ao município de Santo André. Marido já conhecia, de um passeio de bicicleta, e eu havia lido sobre o festival de inverno que acontece lá nos últimos fins de semana de julho.
A origem da vila é a construção da primeira ferrovia no estado de São Paulo. Vieram para cá muitos britânicos para fazer o planejamento, construção e posterior manutenção dessa ferrovia, e aquele ponto da serra foi o escolhido para que os trabalhadores fixassem residência - e por isso o estilo da vila é todo inglês, havendo inclusive uma réplica do Big Ben (mais sobre a história da região aqui e aqui).
Vale dizer que é possível chegar até lá por trem mesmo - saindo da estação da Luz, em São Paulo, todos os domingos (mais info aqui).
O caminho para chegar lá saindo daqui de São José não é dos mais simples, apesar da distância não passar de cento e poucos quilômetr…

Um dia em Gonçalves (MG) com 2 malinhas

Imagem
Como estamos economizando para a viagem mais longa que faremos no final de agosto, aproveitamos o feriado de Corpus Christi para fazer um bate-e-volta até Gonçalves, no sul de Minas - daqui de São José são cerca de 100 km, ou umas 2 horas, por uma linda estrada sinuosa em meio às montanhas.
Decidimos ir por dentro, através da estradinha que leva até Monteiro Lobato. De lá pegamos sentido São Bento do Sapucaí, e então seguimos a indicação para a estrada que leva a Gonçalves - sem dúvida o trecho mais bonito, pois vamos subindo, subindo, vendo as fazendas e as cidades lá embaixo. Estava um dia de sol bem gostoso, com temperatura muito agradável. Pela altitude, imagino que seja bastante frio agora no inverno, principalmente à noite.

A cidade é bem pequenininha, e parte das ruas estava interditada para a preparação dos tradicionais tapetes coloridos no chão, no caminho por onde passa a procissão rumo à igreja, que fica na parte mais alta da cidade.

Os malinhas adoraram ver as pessoas fazendo…

10 dicas de viagem que só uma mãe pode dar

Imagem
Oba! Para comemorar o dia das mães - que será nesse próximo fim de semana - a mãe dos malinhas aqui desse blog vai participar da blogagem coletiva "10 dicas de viagem que só uma mãe pode dar". Muito feliz de fazer parte dessa comunidade linda de famílias viajantes, sou fã de várias delas!

Aqui vão as minhas dicas:
1- Acostume os pequenos a viajar desde bem pequenininhos Nós viajamos de carro, por longas distâncias, desde que nossos malinhas nasceram. Minha família mora a 2 horas de carro de nós, então desde bebezinhos se acostumaram com essa distância. Minha malinha mais velha não tinha nem 2 meses quando viajamos só nós duas pra lá; quando o menor nasceu, peguei a estrada com os dois - ela com 3 anos recém-feitos, ele praticamente recém-nascido. E temos a sorte de nenhum dos dois enjoar no carro! Hoje em dia - com 7 e 4 anos - dificilmente reclamam durante as viagens.
2- Converse com as crianças e explique bem como será a viagem A gente acha que eles não entendem, mas explique s…

Lavandário em Cunha com 2 malinhas

Imagem
Este deveria ser um post praticamente só com fotos, de tão lindas que ficaram! Aproveitamos um dos vários feriados do mês de abril para ir até o Lavandário, encravado no meio das montanhas da serra Cunha-Parati. Cunha é uma cidadezinha estilo Campos do Jordão, bem menor e menos badalada mas que também tem seu charme. Marido já fez vários passeios de bicicleta naquelas redondezas, mas nós todos juntos só havíamos ido uma única vez há uns 4 anos, quando almoçamos num restaurante bem no meio do mato e passeamos rapidamente pelo centrinho. A cidadezinha é famosa pela cerâmica produzida nos vários ateliês espalhados por todo canto. Há também vários hotéis-fazenda nos arredores pra quem quiser se hospedar por ali (Cunha fica a cerca de 50 km de Guaratinguetá, através de estrada mão dupla e bem sinuosa - recomendo ir de dia para apreciar a vista, que é linda). Havíamos visto no Globo Rural (link do programa no final desse post) a história do lavandário: uma publicitária paulistana, que comprou…